Sua empresa está pronta para enfrentar uma crise de imagem corporativa?

Na era em que qualquer pessoa pode expor opiniões publicamente, toda empresa deve estar preparada para uma crise de imagem corporativa! A sua está?

Você já se preocupou com a possibilidade de sua empresa enfrentar uma crise de imagem corporativa? Se nunca pensou nisso, deveria. Infelizmente, essa chance existe para qualquer companhia. 

Ações mal pensadas podem interferir diretamente na imagem ou reputação de uma empresa. Isso pode estar relacionado a uma grande catástrofe, um pequeno ato errado cometido por um líder ou, até mesmo, um problema de atendimento.  

Pequenas ações podem interferir na reputação da marca 

Quando falamos de crise de imagem corporativa, você deve pensar apenas em casos grandes que ficaram bem conhecidos, como a crise da JBS após a Operação Carne Fraca. Mas não é bem assim. 

Qualquer empresa está sujeita a esse tipo de situação. Com as redes sociais e a possibilidade dos consumidores publicarem o que querem, o poder está na mão deles, mais no que nunca. E fica fácil um problema ou estratégia mal pensada acabar se tornando viral. 

Uma campanha mal pensada. Uma resposta mal elaborada. Uma situação que não satisfez seu cliente no próprio estabelecimento. Isso e muitas outras pequenas ações podem se voltar contra a imagem da sua empresa.  

Será que sua companhia está preparada para uma dessas situações? Para que você consiga ter ideia dessa resposta, listamos três das várias coisas necessárias para enfrentar uma crise de imagem.  

3 necessidades de qualquer empresa para enfrentar crises de imagem corporativa 

1. Monitoramento de mídia 

O primeiro passo para sair de uma crise de imagem é saber, claro, que ela está acontecendo. Por isso, é preciso ter uma atitude preventiva e sempre fazer o monitoramento de mídia para saber o que estão falando sobre sua empresa. 

Isso envolve desde o acompanhamento de todas as redes sociais e suas interações, até mesmo a busca por possíveis publicações em jornais, revistas e outros espaços midiáticos.  

 2. Porta-voz  

Em momentos de crise, muitas vezes as empresas terão que se pronunciar em relação ao ocorrido. Para isso, é essencial que seja escolhido um porta-voz. Esse representante geralmente deve ter um cargo importante dentro da empresa, mas, mais do que isso, tem que saber manter a seriedade e a transparência na comunicação em situações adversas. 

definição de um porta-voz também dá cara à empresa, por isso é importante que esse profissional seja alguém que demonstre autoridade. Também é recomendado que ele passe por um media training, uma preparação para que o profissional saiba como se comportar em entrevistas, apresentações e outras situações.  

3. Uma equipe pronta para definir estratégias  

E se a crise de fato acontecer? Por onde começar? Bom, isso depende do tipo de crise, do que de fato aconteceu, quem ou o que ela envolve. São diversas as possibilidades. Então é preciso definir estratégias específicas para cada caso.  

Por isso, é importante ter uma equipe de comunicação preparada para traçar o passo a passo a ser seguido, de modo que a crise seja resolvida de forma ética, rápida e eficiente, ficando sempre de olho nas respostas dos consumidores em relação a mesma.  

O papel das relações públicas nas crises de imagem corporativa  

Sabe o que os três itens acima têm em comum? Todos eles podem ser feitos por uma equipe de comunicação qualificada. Muitas empresas buscam hoje por agências de relações públicas, já que elas têm como especialidade a organização do relacionamento com diferentes públicos.  

Além disso, companhias que fazem public relations atuam de forma preventiva. Desde o planejamento estratégico os especialistas já buscam estruturar a comunicação de forma que evite possíveis crises de imagem. Além disso, podem oferecer serviços como media trainingrelacionamento com a imprensa e gestão de conteúdos 

Se sua empresa ainda não conta com uma equipe especializada em relações públicas, com certeza está mais longe de estar preparada para crises como as que citamos.  

Busque uma empresa de PR qualificada 

Mais do que escolher uma empresa para atuar como parceira e cuidar das relações públicas da sua companhia, é preciso buscar uma que esteja de acordo com as mudanças que ocorreram no mundo e na comunicação.  

Mestieri PR oferece serviços de relações públicas em todas suas frentes, graças à metodologia Long Tail PR, que une a tradição do PR às novidades exigidas pela transformação digital 

Quer saber mais sobre como podemos ajudar sua empresa a, mais do que estar preparada para crises de imagem, ter uma comunicação assertiva com os diferentes públicos? Confira nosso conteúdo sobre a metodologia. 

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *